O que você guarda no seu coração?

Pensa em um armário onde você guarda todas as suas coisas pessoais, velhas e novas. Alguns objetos podem ser considerados úteis e outros nem tanto. Desses objetos muitos proporcionam alegrias e também tristezas. É dessa forma que, dependendo de cada um de nós,  todas as coisas que acontecem em nossas vidas guardamos no coração.  Então,  o que você guarda no seu coração?

coracao

Ao longo do tempo acumulamos muitos “objetos” em nossos corações. Objetos que atribuem valores sentimentais; sentimentos bons, benéficos, saudáveis; assim como ruins e prejudiciais ao homem. Certamente quem guarda sentimentos bons tem uma vida melhor, mas quem guarda “objetos” ruins, obviamente a vida não é tão significativa.

O que você guarda no seu coração?

Será inveja, sentimento de vingança, decepção, ira? Já sei, não consegue perdoar quem causou algum dano a você? Muitas coisas que guardamos no armário do coração determina nossa vida. Por isso, devemos ter cuidado com que  e o que guardamos.

O coração é mais traiçoeiro do que qualquer outra coisa e está desesperado. Quem o pode conhecer?” (Jeremias. 17:9)  

Será que podemos confiar em um coração desesperado? O coração pode nos conduzir a decisões e atitudes erradas, ele pode nos enganar principalmente quando pensamos com emoção. Quando dizem: “Segue o seu coração.” Se você tem coisas ruins no coração, como poderá segui-lo? Quantas vezes você já se arrependeu por seguido o seu coração?

Normalmente guardamos o que gostamos, porém nem sempre é assim em relação aos sentimentos que acumulamos no coração. Sendo assim, aquilo que incomoda precisa ser removido, então limpe, arrume o seu armário, jogue fora a tristeza, mágoa, decepção, inveja e tudo que você tiver que não serve para nada. A medida que for limpando o seu coração, perceberá que você e a vida ficará mais leve e   harmoniosa.

Se você guarda sentimentos bons como amor, generosidade e humildade, sabe o quanto é maravilhoso ter um coração pleno de coisas boas. É através desse coração que consegue alegrar e conquistar as pessoas. É por causa desse armário tão  arrumado e limpo que consegue deixar marcas nas pessoas. É verdade que pode enfrentar dificuldades, o que é comum para todos nós, contudo sabe muito bem sair fortalecido de cada situação.

Um dos segredos para você ter uma vida  com mais plenitude está no coração. É justamente no coração a entrada e saída daquilo que vai  favorecer ou não sua vida.

Provérbios 4:23  Proteja, acima de tudo, o seu coração, pois dele procedem as fontes da vida.

Portanto, faça o melhor pelo seu coração e por você mesmo.

Com carinho! ❤

Um forte abraço e até mais! 😉

Ouvir música nos faz bem.

 O que você sente ao ouvir uma música; tristeza, alegria, fica melancólico? Para muitas pessoas a música é muito mais que um passatempo ou uma maneira de acalmar e relaxar. O bem-estar proporcionado pela música tem sido estudado ao longo do tempo, isso porque, ela tem a capacidade de afetar sua vida de maneira positiva. Proporciona diversos benefícios para a saúde, corpo e mente, por isso, ouvir música nos faz bem.

musica

Sabemos que o cérebro é responsável pela percepção que temos do mundo e a música causa efeito muito curioso no cérebro, chegando a influenciar, inclusive, nos nossos hábitos, sentimentos, como fazemos nossas atividades diárias e  até mesmo,  desperta o medo instintivo, ou seja, tem certos sons que os seres humanos irão sempre associar ao perigo iminente ou medo.

Ao ouvir uma música já se sentiu relaxando ? A música libera dopamina, a substância do bem-estar, eleva o astral, emoção, alegria, nos deixa mais feliz, sendo assim, diminui o nível de estresse e o sintoma de depressão. Alguns pesquisadores afirmam que certas músicas são capazes de reduzir a ansiedade, então, à música pode ser um antídoto para a mente. Por isso, no trânsito, o motorista consegue se acalmar ao ouvir música.

Pesquisadores canadenses já conseguiram provar que, de fato, a música reduz os níveis de dor e estimula o apetite em bebês prematuros, assim como ajuda os pacientes com problemas na fala. Esse tipo de terapia musical mostrou eficiente em crianças com autismo, que passaram a articular melhor as palavras.

A música ajuda a melhorar a capacidade de aprendizagem e memorização. Os estudantes da música conseguem desenvolver uma melhor comunicação, reconhecer o estado emocional de outras pessoas com mais sensibilidade isso, de acordo com o tempo dedicado aos estudos. E se você tocar algum instrumento saiba que essa atividade melhora ainda mais o desempenho do cérebro, isso porque, tocar um instrumento envolve uma grande interação com cérebro que estimula as funções cognitivas.

Se você tem dificuldade para dormir, o que você acha de ouvir música para ajudá-lo? De acordo com a pesquisa, ouvir sons mais graves e lentos ou qualquer ritmo relaxante ajuda a pessoa a se desligar das preocupações, melhora a qualidade do sono e combate a insônia. Por outro lado, ouvir sons motivacionais ou animados são bons para despertar e nos ajudar a apresentar bom desempenho quando estamos sob pressão.

Por falar em motivação; música e atividade física é uma combinação perfeita, ela promove uma melhor sincronizar com o exercício, aumentando ou diminuindo a performance de acordo com o próprio ritmo. Ajuda o atleta a obter um desempenho melhor, fazendo com que o exercício se torne mais fácil e prazeroso com sentimento de alegria.

Tem música que não sai da cabeça, principalmente aquela que manifesta saudade, nos faz lembrar alguns momentos da vida, voltar no tempo, faz a pessoa viajar por lugares desconhecidos e  descobrir novos “mundos”, emoções, sensações e sentimentos próprios.

Tem música que ao ouvir nos dá vontade de dançar, mesmo sozinho, correto? E uma das músicas que me deixa com a alma leve é essa do vídeo.

A música influencia  no  bem-estar, é vida! Por isso nos faz tão bem!

Com carinho! ❤

Abraço e até mais! 🙂

 

 

Ter uma boa noite de sono nos faz bem!

Olá amigos,

 Nada melhor que dormir profundamente depois de um dia exaustivo, correto? Quando não dormimos bem, é difícil mantermos dispostos e concentrados no dia seguinte. Sabemos que o sono é uma necessidade tão importante como respirar e se alimentar. Quando dormimos repomos nossa energia, em muitos aspectos o sono é  considerado um “antídoto” para vários problemas. Dessa forma, ter uma boa noite de sono, nos faz bem!

bom-sono

De acordo com algumas pesquisas dormir entre 6 e 8 horas por noite ajuda no desempenho, concentração e rendimento. Embora seja verdade que cada pessoa tem um tempo diferente de sono, assim como muitas pessoas não dormem o necessário para descansar bem.  As causas podem ser diversas; desde pouco tempo até mesmo insônia.

O resultado das pesquisas afirmam que noites bem dormidas podem prevenir vários problemas de saúde, mas  o tempo de dormir varia com a necessidade de cada um; as mulheres precisam de mais horas de sono que os homens por causa das várias atividades simultâneas durante o dia. Além disso, a mulher que dorme mal, têm mais chances de ter envelhecimento precoce devido à redução da elasticidade da pele, à falta de pigmentação e a recuperação mais lenta dos efeitos do sol.

 Você tem várias razões para dormir bem!

  1. É durante a noite que as células se renovam, descansam e organizam suas funções, dormir bem faz bem para a pele;
  2. A melatonina é produzida no período da noite, é esse hormônio que tem ação contra o radical livre, ou seja, previne o envelhecimento;
  3. Diminui o risco de doenças cardiovasculares;
  4. Dormir mal afeta o sistema imunológico, dessa forma tende aumentar o risco de infecções;
  5. O cérebro precisa de tempo para processar todas as informações adquiridas ao longo do dia, descansar é fundamental para melhorar  a atividade intelectual;
  6. Dormir acalma as conexões neurais para que possamos continuar fixando memórias e nos adaptando àquilo que vivemos;
  7. Dormir bem, favorece o desempenho físico;
  8. A pessoa que dorme entre 6 e 8 horas tende a sofrer menos de depressão, mas ficar sem dormir ou períodos de sono irregulares, gera estresse, aumenta a pressão sanguínea e afeta a atenção e criatividade.

Alguns hábitos podem ajudar a ter uma boa noite de sono:

  1. Não faça refeições pesadas;
  2. Evite bebidas que contém cafeínas e álcool;
  3. Pratique exercícios físicos durante o dia;  ou pelo menos 3 horas antes de dormir;
  4. Realize atividades relaxantes antes do sono;
  5. Mantenha horário fixo para deitar e para se levantar;
  6. Tenha um ambiente adequado para dormir: escuro, sem ruídos, limpo e um colchão certo para o seu peso e altura;
  7. Ouça música relaxante, com o volume baixo.

 

Fontes: dailymail.co.uk / minhavida.com.br

Durmam bem! 😀

Até mais! ❤

Como controlar a ansiedade: 6 dicas para você viver bem , mesmo com ansiedade.

Devido  agitação do dia a dia, problemas, adversidades da vida, todos nós estamos sujeitos ao stress, tensão e ansiedade. A ansiedade ocorre em diferentes maneiras. É considerada, até um certo ponto, uma reação natural do ser humano.   Às vezes, a ansiedade pode ser uma grande motivação, uma coisa boa, desde que não atinge um grau extremo.

Quem não tem ou sente ansiedade?  Pense quando você foi a uma entrevista de emprego ou quando estava esperando o resultado do vestibular? Certamente você sentiu ansiedade. Esse tipo de ansiedade não se torna prejudicial, desde que seja controlada por você.  Mas quando a ansiedade deixa você confuso, aflito, perdido? Nessa situação você pode ter ou estar com problemas.

ansiedade-3

A ansiedade, é provocada por conflitos internos ou  acontecimentos externos, podemos sentir vários sintomas físicos e emocionais como: medo, preocupação, pensamentos negativos, aperto no peito, tensão muscular, irritabilidade. etc

No passado, não tão distante, eu poderia me considerar muita ansiosa. Por exemplo: Quando o meu pai ou minha mãe saiam para fazer algo fora de casa, se demoravam para retornar, eu entrava em “pânico”. Logo imaginava que algo tinha acontecido. Orava bastante para que eles retornassem logo para casa. Mesmo assim, eu sabia que  algo estava anormal. Foi quando eu reconhece que estava com  os sintomas da ansiedade psicológicas.

Tipos de ansiedade que pode ser prejudicial para o seu bem-estar.

Perturbação de  Pânico:  Pânicos repentinos sem causa aparente.

Fobia: Medo irracional ou excessiva por causa de alguma situação.

Ansiedade Generalizada: Preocupação irreal ou excessiva por causa de algum problema da vida ou situação rotineira do dia a dia.

Perturbação Obsessivo-Compulsivo: Presença de pensamentos, idéias considerados inapropriadas e que provocam a ansiedade.

Como controlar a ansiedade?

  • Analise-se! : Identifique  de maneira correta a causa da ansiedade, dessa forma,  as chances de você se sentir mais leve aumentam. Lembre-se: a  ansiedade só será útil  se ajudar você.
  • Mantenha os pensamentos positivos: Sempre que os pensamentos negativos surgirem, desvio-os para os pensamentos agradáveis.
  • Quando for preciso, converse com um amigo
  • Em relação aos problemas, mude sua atitude: Nem sempre você vai mudar as adversidades e circunstâncias da vida, mas poderá mudar o modo de encará-las.
  • Pratique algum exercício físico: Caminhar, andar de bicicleta ajuda a elevar a produção de serotonina, substância que aumenta a sensação de prazer.
  • Viva um dia de cada vez: O passado não mudará, e os problemas do amanhã, pode ser que nem aconteça.

Se a sua ansiedade for excessiva procure um psicólogo.

A ansiedade é mais comum que imaginamos, pode  prejudicar o nosso convívio familiar, profissional e social. Portanto, se você tem ansiedade acima da média, que persiste por mais de um mês, deve ser tratado.

Abraço! 😉