Abelha

As abelhas tem uma função importante na reprodução das plantas realizando a polinização, sendo assim, muitas espécies de plantas certamente não existiriam sem a presença das abelhas, isso implica que as flores e as abelhas são planejadas para suprir as necessidades umas das outras e para a manutenção da natureza.

science-pesticides-bees

Com o néctar e o pólen coletado nas flores, as abelhas operárias produzem  o mel, cera, própolis e geleia real. A cera, por exemplo,  tem propriedades calmantes, anti-inflamatória e cicatrizante. É um produto saudável e valioso, por isso é muito utilizada na medicina natural pelo homem há séculos.

Infelizmente, algumas abelhas morrem quando  picam porque seu ferrão tem farpas que se alojam na pele do alvo. O ferrão é um prologamento do abdômen, que se rompe no momento em que a abelha abandona a vítima. Esse ataque somente acontece quando ela se sente ameaçada ou é importunada por cheiros fortes ou vibrações sonoras.

Uma curiosidade; de acordo com as experiências feitas na Universidade Nacional Australiana, as abelhas conseguem pousar com segurança em qualquer ângulo de uma superfície, isso porque, a abelha vai diminuindo a sua velocidade até que o objeto pareça crescer num ritmo constante. Antes de pousar no objeto, a abelha reduz a velocidade a praticamente zero, dessa forma, ela consegue fazer um pouco seguro.

Fontes: Despertai / infoescola

Tudo de bom para você! ❤

Abraço e até mais! 😉

Mulateiro-da-várzea: árvore da juventude.

Essa é a Calycophyllum spruceanum, árvore nativa da região Amazônica em matas periodicamente inundadas às margens dos rios. Conhecida  pela população local como Mulateiro–da-Várzea, Pau-Marfim ou simplesmente Árvore da Juventude. Pode atinge 30 a 40 metros de altura com caule extremamente decorativo.

A árvore está sendo usada na recuperação de áreas degradadas e são aproveitadas nos projetos paisagísticos. Da sua casca é feito o chá usado no combate a manchas, rugas e envelhecimento da pele (o que não é necessário derrubar a árvore, pois a casca do mulateiro se renova anualmente).

De acordo com o estudo cientifico da Universidade Estadual Paulista(Unesp), o mulateiro-da-várzea contém fenóis, com alta capacidade antioxidante que detecta a ação dos radicais livres e impede o envelhecimento das células. Além disso, o chá da planta favorece o vigor físico, renova a circulação sanguínea, é cicatrizante e antibacteriana.

Conheço pessoas que com mais de 50 anos de idade que tomam banho com o chá da casca desse produto para ajudar no rejuvenescimento, e estão muito bem tanto na aparência quanto o bem-estar.

Tudo na natureza tem sua importância. Desejo o melhor a você!

Abraço e até mais. 😉