O que fazer para superar a timidez?

Você consegue lembrar-se de como era quando a tua professora te escolhia para responder alguma pergunta? Ou fazer uma apresentação na Faculdade  na frente de todos os teus colegas? Ou quando entrou numa sala cheia de estranhos para fazer uma palestra?  Eu sentiu e ouvia o rufar da batida do meu coração cada vez mais rápido.

Que momento! Eu sentava no fundo da sala de aula, não para bagunçar, mas para me esconder da professora, como se eu fosse invisível. Muitas vezes ao fazer apresentações de trabalhos na Faculdade, sentir meu rosto um termômetro.

Independente de ser tímido ou não, todos nós podemos experimentar esse sentimento  em algum momento das nossas vidas, até mesmo na vida adulta. Infelizmente, às vezes isso pode prejudicar mais do que ajudar.

Muitas vezes afirmamos que somos tímidos, e nos comportamos como tal, porque psicologicamente, sentimo-nos inclinados a viver de acordo com essas firmes declarações.

A timidez é um enorme obstáculo para conquista de algo; porque você começa a evitar algumas situações, por exemplo; evitar alguns tipo de pessoas, com receio da conversar te causar constrangimentos, pode evitar defender a sua opinião por receio do confronto e da exposição etc.

Como  superar a timidez?

Quer algumas dicas de quem foi tímida, e ao falar com as pessoas o rosto ficava da cor de um tomate? Hoje em dia ainda fica vermelho, mas não importa.

download

Primeiramente é se conhecer, conhecer a causa, por qual razão você fica tímida, até que ponto a timidez pode causar prejuízos na tua vida e trabalhar para superá-la.

Lembra do rosto que ficava da cor de tomate? Pois é, esse era o problema. Eu não tinha receio de falar com as pessoas e para as pessoas. O problema que antes de fazer isso, imediatamente imaginava o rosto rubro, e o coração palpitava.

Segundo, minha timidez não era prejudicial, que bom! Calada, rindo, chorando ou dormindo, o rosto fica vermelho. Com o  tempo tive que aceitar tal situação e trabalhar na solução; o meu ponto forte: A fala! eu acho que não sou tão ruim rs (a cor vermelha no rosto não impedi de participar de uma palestra) mais como ouvinte, sou melhor ainda rss. Ser menos negativa consigo mesma e aceitar tuas boas qualidades, valorize o teu “eu”.

Terceiro: Lembre-se: as pessoas são complexas, não dá para agradar as todas. Mesmo assim, tente aprender, interagindo com outras pessoas, isso não quer dizer que vai imitá-las  e faça acontecer!

Espero que tenham gostado!

Anúncios